PERGUNTAS FREQUENTES

Procure aqui as perguntas frequentes e respectivas respostas.

A Eubiose constitui-se como uma nova perspectiva das verdades, sempre eternas, da Sabedoria Tradicional. Ela procura conduzir o Homem à sua realização plena, como ser espiritual, no plano da sua existência concreta e quotidiana.

A Eubiose distingue-se das outras Escolas Iniciáticas, verdadeiramente esotéricas – avalizadas pelos Mestres – pela abordagem muito directa que faz sobre a realidade dos Mundos Subterrâneos e pelo modo como encara todos os dados da Sabedoria Tradicional à luz deste pressuposto.

Não. A Eubiose não é uma nova Religião nem uma nova Igreja. A Eubiose é uma Escola Iniciática que configura uma nova estrutura do pensamento contemporâneo, consubstanciada numa filosofia de vida, consentânea com os princípios espirituais superiores.

A Comunidade Portuguesa de Eubiose – Priorado Sinárquico Eubiótico da Lusitânia é uma associação que, em Portugal, promove a difusão da Eubiose e cujos objectivos, organização e princípios de funcionamento se encontram expressos nos seus estatutos e filosofia.

Respondendo a questões colocadas por Amigos e Membros relativos à Ordem de Kurat informamos o seguinte. A Soberana Ordem de Kurat (Grande Ocidente da Lusitânia) que consubstancia a estrutura mais interna da Comunidade Portuguesa de Eubiose, Priorado Sinárquico Eubiótico da Lusitânia, foi criada em Portugal em 1978, no seio da Comunidade e, desde então, tem trabalhado nos vários domínios espirituais que lhe estão consignados. A sua estrutura e orgânica obedecem aos princípios Sinárquicos. Para defesa da Obra em Portugal a titulação “Ordem de Kurat” está legalmente registada estando apenas a Comunidade autorizada a usá-la. Por estes motivos quem quer que utilize esta designação de forma abusiva incorre no risco de demanda judicial.

A Comunidade possui um esquema de ensino, por graus, bem como um conjunto de práticas espirituais – individuais ou de grupo – algumas das quais se realizam periodicamente no seu Templo. Estas actividades estão adaptadas aos diferentes graus de ensino e delas podem beneficiar todos os membros da Comunidade. A Comunidade realiza também, periodicamente, actividades públicas (conferências, exposições, debates, visitas de estudo) cujo calendário semestral é sempre publicitado e enviado a todos os membros. Estas actividades podem decorrer na sua Sede social ou em outro local público.

Não. A Comunidade encontra-se espalhada por todo o país e alguns dos seus membros residem no estrangeiro. Sempre que possível os Eubiotas residentes numa mesma área geográfica podem trabalhar em conjunto constituindo Delegações. O acompanhamento dos trabalhos realizados semanalmente na Sede da Comunidade não é, de forma alguma, obrigatório. Contudo, existem periodicamente trabalhos espirituais a realizar no Templo, nos quais todos os membros da Comunidade poderão participar.

De modo nenhum. Contudo, deve-se ter em conta que as tónicas específicas propostas pela Eubiose, além das de carácter universal, se inserem numa tónica de 7º Raio, o Raio do Ciclo de Aquarius.

Sim. A Comunidade é uma associação sem fins lucrativos. No entanto, a manutenção da sua Sede social, a concretização das suas actividades públicas, a produção e envio de materiais de ensino, entre outros, exigem da Comunidade um considerável esforço económico que esta só pode suprir através das quotizações dos seus membros.

A Comunidade proporciona aos seus membros a oportunidade de desenvolverem um trabalho espiritual específico de acordo com a tónica da Nova Era, os ensinamentos e os objectivos da Eubiose tais como:

– o advento do Avatara de Aquarius;

– a implantação do 5º Império e a Transição para o Novo Milénio.

Trabalho este que se encontra vinculado à problemática do espaço geográfico em que nos movemos, pelo estudo e compreensão do papel oculto de Portugal no devir do mundo.

A Comunidade mantém com os seus membros uma relação baseada no princípio da Liberdade e da cooperação fraternal. Nenhuma obrigação, de qualquer espécie, é imposta e os compromissos assumidos são-no sempre livremente e dizem unicamente respeito à consciência individual de cada um.

Qualquer pessoa, maior de 18 anos, (ou com autorização expressa dos seus pais, quando menor), que se identifique com os objectivos expressos nos Estatutos da Comunidade. Esta reserva-se o direito de não permitir o ingresso nos seus quadros a todos aqueles que defendam valores e princípios não condizentes com aqueles objectivos.

Descarregando e preenchendo o pedido de admissão e respectivo questionário (descarregar o questionário) e enviando-os por correio, ou ainda, solicitando-os, sem compromisso, através do endereço electrónico cpe@cpeubiose.pt ou por carta, indicando o seu nome e morada.


Caso a sua questão não esteja aqui respondida, por favor utilize o contacto e envie-nos um email com a pergunta. Teremos muito gosto em responder.

Comments are closed