A questão da Unificação Espiritual do Mundo

O termo “religião” deriva de “religo” ou “religare”, étimo latino com o significado de “re-ligar”, tornar a ligar, unir. A Religião, de acordo com a filosofia eubiótica, e contrariamente ao senso comum, surge como um processo, uma via destinada a unir, a “re-ligar” a Personalidade e a Individualidade, o Eu Inferior e o Eu Superior. Trata-se, portanto, de uma metanoia, uma via de retorno ou reintegração na Divindade.
O espírito ecuménico floresce já nos corações e mentes dos Homens de Boa-Vontade, constituindo a compreensão de que o Deus transcendente, adorado sob múltiplas formas e de modos diversos, é fundamentalmente o mesmo. Assim se prepara o advento na Nova Era de uma Religião Unificada, de um método universal e científico de aproximação à Divindade a ser ministrado em Escolas Iniciáticas (actualmente ocultas) e destinado às grandes massas humanas. O seu Hierofante será Maitreya Budha, o Cristo de Aquarius que, no exercício da sua função de Supremo Instrutor do Mundo, conduzirá os Homens na trilha da Fraternidade à instauração do Reino do Pai à face da Terra.

A Ordem de Kurat

Comments are closed